China: 83 Milhões Vivendo Sozinhos — Beia Carvalho — Palestras

Quer ficar por dentro do futuro? Fácil. Deixe seu email e receba os super artigos da Futurista Beia Carvalho 😉

 
27 de junho de 2016

“Olha ali! Aonde? Ali! Um casal de homem e mulher com 2 filhos!”

 

Família com 2 filhos será um espanto em 2030!

Digo nas minhas palestras que em 2030, famílias compostas de 1 homem e 1 mulher e 2 filhos serão ultrapassadas por todo tipo de família: casal (hetero, homo, transexuais) com 1 ou 2, ou sem filhos; famílias com 1 adulto (hetero, homo, trans) com 1 ou 2, ou sem filhos.

São as Novas Famílias, vistas – ao mesmo tempo – como desequilíbrio da sustentabilidade, por pressionarem por mais infraestrutura e serviços; e como propulsoras do consumo, fazendo a roda da economia girar, mesmo em tempos de decadência de natalidade.

Leia mais neste artigo, que traduzi livremente do site da Bloomberg.

A Virada na Família Chinesa: 83 Milhões Vivendo Sozinhos.

Casal com 2 filhos vai perdendo sua normalidade para outros tipos de família.
Domicílios Unipessoais: 83 milhões de chineses

Mais chineses estão vivendo sozinhos por conta do envelhecimento da população, do aumento dos divórcios e jovens mais ricos mudando da casa de seus pais. A Universidade de Cingapura estima que 83 milhões de pessoas estão morando sozinhas, liderados por jovens entre 15 e 34, de acordo com Jean Yeung, diretor do Centro de Pesquisa para Família e População, da universidade.

Lares com uma única pessoa, ou unipessoais, podem chegar a 132 milhões em 2050. A China tinha 66 milhões de lares unipessoais registrados em 2014, ou 15% dos domicílios, comparados com 6% em 1990, de acordo com dados governamentais.

 

Jovens chineses de alto poder aquisitivo se mudam das casas dos pais.

Essas forças estão corroendo a estrutura econômica baseada em unidades familiares que remontam a centenas de anos. Aquelas que Mao Tsé-Tung tentou destruir durante a Revolução Cultural. Onde Mao fracassou, o crescimento econômico vem obtendo sucesso, acelerando a demanda por mais energia, bens de consumo e automóveis e pressão crescente sobre serviços para os mais velhos.

Nicholas Eberstadt, demógrafo do Instituto Americano Enterprise, em Washington: “Pode afetar principalmente a composição e, em algum grau, a qualidade do crescimento na China. Essa é uma parte da transição da China para uma economia impulsionada pelo consumo.”

 

Fonte Bloomberg:
Family Shift in China Means 83 Million Living Alone: Chart
http://www.bloomberg.com/news/articles/2016-06-22/family-shift-in-china-means-83-million-living-alone-chart

The Lonely Aftermath of China’s One Child Policy
http://www.bloomberg.com/news/articles/2016-06-21/behind-china-s-one-child-policy-is-a-growing-army-living-alone

27 de junho de 2016

Comentários


  1. Em pouco menos de 15 anos você poderá se ver numa situação de total surpresa ao testemunhar em uma festa um fato inusitado: 1 casal com 2 filhos! ‪ #‎palestrantebeiacarvalho‬ ‪#‎futuro‬ ‪#‎sustentabilidade‬ ‪#‎china‬

    27 de junho de 2016, 16:58
    By: beia I Link


  2. Mais inusitado ainda será um casal homo, com dois filhos. aliás, o inusitado, mesmo, será um casal hetero.

    19 de janeiro de 2017, 23:51
    By: Marisa Rodrigues


    1. Na realidade, não, Marisa. A família inusitada será 1 casal hétero com 2 filhos 9que é o normal hoje). Esse modelo representará menos de 50% dos modelos de família. Um desses modelos será o casal homo com 2 filhos. Ou casais homo com 1 só filho ou sem filhos. E também todos os outros formatos: unifamílias com ou sem filhos, heteros ou homossexuais. Todos esses e outros formatos juntos superarão o casal hétero com 2 filhos.

      20 de janeiro de 2017, 19:56
      By: beia


Comentar:

Você pode usar tags e atributos HTML