O Futuro do Sexo — Beia Carvalho — Palestras

Quer ficar por dentro do futuro? Fácil. Deixe seu email e receba os super artigos da Futurista Beia Carvalho 😉

 
16 de janeiro de 2017

O Futuro do Sexo.

David Levy é autor do livro Amor e Sexo com Robôs.

Faz 2 anos que fui pra 2040.

Em 2014, participei da Conferência “Antecipando 2040” organizada pelos futuristas, de Londres. Pra quem me segue, vai se lembrar que organizei o meu primeiro Crowdfunding, quando 44 colaboradores viabilizaram esta minha viagem para o futuro. Sempre me emociono ao lembrar das colaborações e dos depoimentos de amigos e clientes!

Uma das 11 palestras do evento foi sobre O Futuro dos Homens e Mulheres. Karen Moloney não chegou nem aos pés da palestra do ano anterior, na Conferência “Antecipando 2025”, com David Levy. David falou brilhantemente sobre seu livro Amor e Sexo com Robôs, que mostra que, em 2050, sexo com robôs será lugar comum. Livro que influenciou filmes como Her, de Spike Jonze e Ex-Machina, de Alex Garland, que exploram as relações íntimas entre humanos e máquinas.

Ex-Machina dirigido por Alex Garland. Eva tem a sexualidade instalada dentro de si.

David e eu fazemos aniversário no mesmo dia, com 10 anos de diferença. Sim, eu sou mais novinha. Fiquei fascinada com a vida deste futurista! Ele nos contou que sua mulher sempre insistiu para que ele fizesse doutorado. Depois de ter escrito este livro, resolveu apresentar a tese de relações íntimas com parceiros artificiais e ganhou seu PhD pela Universidade de Maastricht, que dedicou a sua falecida esposa. Louco por xadrez, escreveu mais de 30 livros sobre o assunto, e expandiu seu conhecimento para além dos jogos de computadores adentrando a área de Inteligência artificial, incluindo conversação entre humanos e computadores. David é reconhecido internacionalmente como expert em inteligência artificial e é presidente Associação Internacional de Jogos para Computadores. Curtiu?

Nesta nova era em que vivemos, em que as mudanças tem ritmo exponencial, a cada ano que passa, os avanços explodem ao nosso redor. Foi como me senti ao ler este artigo de Jenna, que traz novidades para muito antes de 2050. Na realidade, algumas para abril deste ano.

Traduzi livremente o artigo O Futuro do Sexo, que explora as 5 grandes forças que serão o combustível das próximas inovações na intimidade dos seres humanos. De fantasias virtuais a humanos aumentados com tecnologia, o Futuro do Sexo vai oferecer diversas oportunidades para aqueles que enfrentam problemas físicos, emocionais e geográficos para se satisfazerem sexualmente. que não existiriam de outra forma. O artigo foi escrito pela jornalista Jenna Owsianik, que escreve para o site Futuro do Sexo.

O futuro do sexo: Como a Intimidade está se Transformando .

A tecnologia está impulsionando a sexualidade humana para um terreno inexplorado. Está transformando a forma como expressamos o amor e a intimidade, e possui um tremendo potencial para conexões físicas e emocionais muito mais profundas. Será um benefício para todos, mas muito mais verdadeiro para quem enfrenta dificuldades sexuais devido a distâncias, solidão, discriminação, ou deficiências.

De acordo com o site Future of Sex, 5 grandes campos estão impulsionando essas mudanças. O Relatório Futuro do Sexo mergulha em cada um deles, revelando como esses avanços estão nos levando muito além daquela mentalidade que ‘a tecnologia nos isola’. Ao contrário, aqui estão as formas mais importantes de como a tecnologia desempenhará um papel crucial em nos deixar cada vez mais próximos.

Nude Raider

1. INTIMIDADE REMOTA

Distância pode ser um banho de água fria nos relacionamentos. Mas o trabalho e outros fatores frequentemente impedem casais de se verem regularmente. Por sorte, progressos na tecnologia de sexo e intimidade remotas estão superando essas questões.

Empresas de Sex Tech como a Kiiroo e Vibease já vendem brinquedos sexuais conectados à Internet, conhecidos como teledildonics. Esses vibradores “inteligentes” e luvas sexuais masculinas interagem entre si via aplicativos em desktops ou móveis. Eles usam a tecnologia haptic touch, que usa o toque para gravar os movimentos sexuais e envia as sensações entre os amantes, que estão separados por quilômetros de distância.

Seu batimento cardíaco é enviado e ouvido em tempo real pelos auto-falantes do travesseiro do parceiro e vice-versa.

Pillow Talk

Também há protótipos para dispositivos para beijar a longa distância, roupas com tecnologia haptic de realidade virtual e travesseiros conectados que transmitem o som do coração do amante. Estas inovações prenunciam o futuro do sexo e intimidade remotos que será multissensorial e imersivo.

Ainda estamos caminhando, mas nas próximas décadas, o sexo a longa distância se tornará mais atraente, realista e emocionalmente mais intenso.. O pontapé de saída para estas inovações é esperado para 2018, quando vai expirar uma patente ampla que regula a comunicação online de transmissão sexual.

2. FANTASIAS VIRTUAIS

Afins de explorar suas fantasias sexuais num ambiente seguro e acolhedor? Mundos virtuais para adultos como o Red Light Center [NSFW] e 3DXChat [NSFW] permite que você customize corpos e ambientes sexuais. Você pode se transformar ou transformar um avatar em seu parceiro sexual ideal, pode conhecer gente de verdade, participar de festas dançantes virtuais, e entrar em espaços livres de julgamentos especialmente desenhados para satisfazer desejos especiais. Para pessoas que vivem em áreas rurais isoladas ou regiões conservadoras, que veem o sexo não tradicional como indecentes, o sexo virtual poderia melhorar imensamente o bem-estar e a auto-aceitação.

Animações de atores que usam tecnologia de captura de movimentos (motion-captured animations) ajudam a criar gráficos em 3D incríveis. Mas este campo ainda vai ficar muito mais realista. Os mundos sexuais virtuais começaram a integrar brinquedos sexuais remotos e realidade virtual. Com a fusão e evolução desses campos, a linha que divide sexo “real” com alguém em seu espaço físico e sexo virtual em mundos virtuais vai desaparecer.

O Poder do Beijo

3. ROBÔS QUE AMAM

Muitas empresas estão na corrida para criar o primeiro robô sexual totalmente funcional – ainda que alguns protótipos e autômatos de baixa qualidade já existam. A pioneira nesta área é a Abyss Creations, que fabrica a famosa boneca do amor, de silicone, a RealDoll. Essa empresa anunciou seu projeto Realbotix, em 2015. Seu primeiro objetivo é criar uma cabeça de robô que fale com a ilusão “senciência” (a capacidade de sentir prazer ou dor, perceber ou ter experiências subjetivas), que será acoplada aos corpos das bonecas RealDoll. O lançamento deste sistema robótico e pré-vendas são esperados para o final deste ano. Mas um aplicativo com inteligência artificial (AI) está programado para ser lançado já em abril de 2017.

A equipe também planeja fabricar um corpo robótico totalmente integrado com realidade virtual (VR). Essa empreitada é especialmente animadora porque a equipe da Realbotix trabalha com experts da Hanson Robotics. Esta renomada empresa é mundialmente conhecida por seus sofisticados robôs com expressões e interatividade humanas e impressionante capacidade de inteligência artificial.

Mas os robôs com funções sexuais não servem apenas para remediar corações solitários, ou para aqueles que já são atraídos pro companhias artificias. No futuro, robôs terapêuticos serão usados para tratar disfunções sexuais e ajudar pessoas a se tornarem melhores amantes para seus parceiros humanos.

4. ENTRETENIMENTO IMERSIVO

Enquanto os Estúdios de filmes adultos estão rapidamente abraçando a realidade virtual, na promessa de revitalização de lucros, prejudicados pelo serviços de streaming gratuitos, o potencial sexual da tecnologia se estende para muito além da pornografia e mergulha na educação sexual.

Ambientes de realidade virtual simulados oferecem uma forma segura para explorar questões sociais e o ensinar jovens sobre cenários potencialmente perigosos. Por exemplo, a ACM de Montreal lançou recentemente uma campanha educacional de consentimento.

Usando fones de ouvido com realidade virtual, os jovens participantes interagiam com um script falado por um insistente pretendente masculino — tudo de um ponto de vista feminino. O objetivo dos organizadores era aumentar a consciência dos temas de igualdade de gêneros e violência ao fazer com que esses jovens se sentissem no lugar do outro. Uma equipe da Universidade de Emory e a Georgia Tech também anunciaram planos para desenvolver Programas Educativos de Realidade Virtual para Jovens Mulheres Negras. É uma experiência imersiva que ensina práticas de sexo seguro, combate a DSTs e previne gravidez indesejadas.

O premiado site pornô de realidade virtual BaDoinkVR também aborda o tema de terapia sexual. No oitavo capítulo da série Virtual Sexology, criado com a ajuda da terapeuta licenciada, adultos ensinam os exercícios de Kegel para fortalecimento pélvicos para homens e mulheres, e como melhorar a estamina e prolongar orgasmos.

5. HUMANOS AUMENTADOS

Avanços nos campos da medicina estão revelando possibilidades eróticas, que nos fazem repensar as tais limitações sexuais atribuídas à biologia ou infligida por lesões ou doenças.

Por exemplo, em 2016 cirurgiões realizaram o primeiro transplante de pênis nos Estados Unidos, num sobrevivente de câncer que tinha tido seu pênis amputado. No ano passado, uma mulher infértil também recebeu o primeiro transplante de útero no país. Ainda que, no final, o órgão teve que ser removido, outras mulheres que receberam transplantes similares na Suécia, puderam dar a luz a bebês.

Enquanto a reconstrução genital e transplantes ainda dependem de doadores de órgãos, a evolução da bioimpressão em 3D 3D bioprinting engenharia de tecidos removerão o gargalo causado pela baixa oferta. Na realidade, médicos do Centro Médico Wake Forest Baptist já criaram e implantaram vaginas produzidas em laboratório para mulheres com aplasia vaginal. Este centro também já produziu através da bioengenharia e implantou tecidos erécteis do pênis em coelhos.

Nas próximas décadas, a medicina regenerativa vai ajudar muita gente a superar lesões ou disfunções sexuais. Também teremos opções de customizar nosso corpos para uma estética sexual personalizada. for e intensos êxtases eróticos. Microchips e implantes conectados à internet também vão oferecer incríveis possibilidades para as pessoas que desejem se fundir com máquinas para se tornarem ciborgues.

Previsões do Futuro do Sexo

COMO CRIAR NOSSO FUTURO SEXUAL

Sexo e sexualidade são elementos essenciais na interação humana. Esses tecnologias emergentes podem nos ajudar a aprender mais sobre nós mesmos e como poderemos nos conectar melhor com aqueles que amamos. A forma como usaremos essas inovações vai moldar as futuras gerações. Para aqueles que enfrentam desafios físicos, emocionais e geográficos, elas proporcionarão oportunidades para realização sexual que não existiriam de outra forma.

No entanto, esses tópicos não recebem a atenção que merecem — por mais que a nossa sociedade seja fascinada por sexo, frequentemente falhamos em falar sobre o assunto de uma forma positiva que impulsione a discussão para o futuro. O objetivo do relatório Futuro do Sexo é trazer mais visibilidade sobre como a tecnologia está moldando a sexualidade humana, para que mais e mais pessoas possam participar da criação de um futuro sexual positivo e inclusivo.

Para mais informação sobre os 5 campos que impulsionam a indústria de tecnologia do sexo, incluindo previsões para as próximas décadas leia o relatório completo sobre o Future do Sex aqui.

* Jenna Owsianik é uma jornalista canadense e editora do site FutureofSex.net, publicação que explora a intersecção entre sexo e tecnologia e parte do Grupo Rh7thm. Artigo original: https://futurism.com/the-future-of-sex-how-intimacy-is-transforming


Comentários


  1. Para contatar e contratar palestras com a futurista Beia Carvalho, ligue 11 99111 3019 #futuro #inovação #gerações #engajamento #longevidade #novas tecnologias #educação #novaera #futurodotrabalho

    13 de fevereiro de 2018, 18:33
    By: beia


Comentar:

Você pode usar tags e atributos HTML