Seu time tá inspirado? — Beia Carvalho — Palestras

Quer ficar por dentro do futuro? Fácil. Deixe seu email e receba os super artigos da Futurista Beia Carvalho 😉

 
2 de junho de 2018

Seu time tá inspirado?

Palestrantes, Plateias e Eventos: tá dominado?

Beia Carvalho, Palestra Inovar ou Morrer, no Social Media Week São Paulo.

Quando alguém me pergunta o que eu gostaria de ser se não fosse palestrante, eu brinco e digo que gostaria de ser um palestrante homem. Por que? O que sexo mudaria?

Em termos dos temas que trato, Futuro, Inovação e Gerações, nada. O tempo da palestra também não seria afetado, em geral entre 1 a 1 e ½ hora. Nem a roupa, já que adotei o terno masculino, desde a minha primeira palestra. Mas o tempo entre tomar banho e subir ao palco seria diminuído em pelo menos 2 horas. Vocês sabem, mulheres tem todo um relacionamento com cabelo e maquiagem.

Existe uma real diferença entre um profissional que sobe ao palco e fala sobre um tópico que domina, e outro que tem a profissão de palestrante?

 Vem comigo!

O Evento, a Plateia, o Palestrante

Beia Carvalho e o seu olhar futurista para daqui a 5 anos.

Eventos e conferências reúnem profissionais que partilham dos mesmos interesses, para discutir as novidades e se inspirar com os progressos da indústria. Também para trocar ideias entre si, tanto no caso de um evento interno – onde funcionários das mais diversas áreas podem se encontrar em um ambiente mais relaxado, um momento de aprendizado – como em eventos abertos onde a discussão de ideias e o network é muito mais abrangente.

O palestrante é o ímã do evento, a cola que gruda, prende e conecta a todos da plateia.

O palestrante profissional é o condutor ideal para transmitir essa mensagem. Ele é o ímã do evento, a cola que gruda, prende e conecta a todos da plateia. Ele traz para a sua audiência a oportunidade de ouvir e refletir sobre diferentes matérias, de aprender e ser instigado a elevar seu próprio trabalho a um nível superior. Ele inspira, traz reflexão, catapulta pessoas para o futuro.

O que Palestrantes aportam?

Vamos ver o que pensa Nick Morgan, teórico da comunicação e um dos top keynote speakers, nos EUA.

“O papel do palestrante é mudar as mentes de um grupo de pessoas, é persuadi-los a ver algo que eles não tinham visto, que não conheciam ou que ainda não acreditavam”, 

Como falo de inovação e futuro me identifico muito com essa frase do Nick. Reencontro pessoas, depois de anos nessa vida cigana pelo Brasil, que me dizem que fui a primeira pessoa de quem ouviram falar (2009) em Geração Y, Nova Era, Airbnb, Mudanças Exponenciais, e a partir de 2015, em Blockchain e Criptomoedas.

“Se sua empresa precisa entender a necessidade real de mudanças, ouvir de alguém de fora é essencial. O palestrante profissional é o condutor ideal para transmitir essa mensagem. Podemos nos informar em livros ou na Internet, mas somos criaturas sociais. Somos inspirados, compreendemos o senso e a relevância social quando vindos de outros humanos.” – Katrina Smith.

É um ponto interessante este da Katrina. Afinal, palestrar presencialmente é um formato antigo de comunicação. E, sim, extremamente poderoso. A despeito dos testes com as ferramentas digitais, as palestras presenciais são um campo crescente de influência para mover públicos, em todos os mercados, no Brasil e no exterior.

"Sempre me identifico nos discursos da Beia Carvalho. Mais uma vez ela me impactou". - Thiago Marcondes, diretor Farah Marketing.

Convidar palestrantes profissionais é muito mais do que trazer uma palestra para o seu evento. Eles aportam uma aura de credibilidade para o grande dia.

A empresa que contrata um palestrante deve se “apropriar” e se beneficiar do networking e do marketing do próprio conferencista, antes, durante e depois do evento. Sim, porque os Palestrantes tem recursos intangíveis e o poder tangível de ampliar a atratividade de seu evento.

Palestrantes podem influenciar a plateia e a trajetória da sua empresa?

A experiência de vida e profissional dos palestrantes também ajudam a elevar o nível da conversa interna, a tocar em assuntos tabu, a descortinar novos temas e novas referências. Eles facilitam a movimentação de profissionais entre grupos distintos, ao trazer exemplos de outras indústrias, regiões ou países. Eles povoam o imaginário da plateia com um novo set de imagens, sinapses e degustações de novas temáticas.

A máxima de que seu evento é tão bom quanto a qualidade de seus palestrantes está valendo. Escolha os melhores, aqueles que você pode ter certeza, a priori, que vão trazer seu brilho próprio para seu evento brilhar.

E hoje isso é muito mais fácil. As redes sociais dão uma boa ideia do tipo de engajamento que determinado palestrante tem em diversos círculos.

É fácil identificar o palestrante que se engaja com a plateia.

Use a voz dos Palestrantes muito antes da Palestra. Assista aos vídeos que produzo para meus clientes

Produzi esse vídeo pra SAP do Brasil, para divulgar o Podcast sobre a Reinvenção do Ambiente de Trabalho.
Vídeo que produzi sobre a Palestra Inovar ou Morrer para o time do SESC, no Pantanal.
Vídeo que produzi sobre a Palestra Inovar ou Morrer para a Universidade do Piauí, UNINOVAFAPI

Muitas empresas perdem a oportunidade de atrair esse brilho, nas semanas que antecedem o evento. Um bom palestrante dará crédito a sua marca criando aquele desejo no público-alvo de “esse não dá pra perder”.

Hoje em dia, dar espaço para os palestrantes em seu site é muito simples. Muitas empresas me pedem vídeos, que eu faço de muito bom grado – como esses acima – para subir em seus sites, fanpages, ou viralizar pelo WhatsApp. E a interatividade com o evento começa muito antes dele realmente acontecer.

No meu caso, além das redes, tenho um Canal no Youtube, há 10 anos, com mais de 200 vídeos entre palestras completas e mini vídeos, que podem ser degustados rapidamente, e traduzem o clima que estabeleço com minhas plateias. Sim, o palestrante se apropria do seu público: a minha plateia.

Dê uma olhada em outro exemplo de como o meu marketing contribui para o seu marketing: as plaquinhas.

Até hoje, fico espantada como os posts com essas plaquinhas são adorados pelo meu público. Nesses anos todos como palestrante foram centenas delas e ninguém parece se cansar delas. Pelo contrário, elas criaram um elo de afeto entre mim, as marcas e o público.

Todo mundo que me segue nas redes está acostumado a ver as minhas plaquinhas de "Próximas Palestras". Esse foi um dia Incrível com o CARREFOUR.

A palavra final do especialista

Fala a presidente da Keynote Speakers, Katrina Smith:

“Um material convincente e atraente, proferido por um profissional convincente, é muito mais memorável e proveitoso que o mesmo material apresentado de forma árida, automática e repetitiva, por um orador qualquer, prosaico ou desengajante.”

Substituir o palestrante profissional pelo mais capacitado e preparado funcionário de sua empresa, o tal “palestrante interno” pode resolver a questão de cachê, mas não traz para o seu evento nenhum dos atributos e benefícios reais que o palestrante profissional aporta.

O palestrante interno exerce uma enorme importância para reiterar a cultura e motivar metas. Mas … “é meu colega de trabalho”; é meu chefe, meu dia a dia, não quebra a rotina, não oxigena. Motiva, mas não inspira.

Não estou sendo Poliana. O palestrante não é mágico. Não será em 60 minutes que ele vai consertar um problema que os executivos da empresa não conseguem resolver há anos.

“Mas ele detém técnicas poderosas para dar a luz a novas ideias com explicações práticas e exemplos memoráveis. E, acima de tudo, para inspirar a plateia a compreender o porquê aqueles tópicos são tão importantes.” – Katrina Smith.

É da natureza do palestrante motivar a plateia para que ela possa compreender o porquê da necessidade de mudanças – e inspirar ideias para transformações pessoais, sociais e profissionais.

Notas

Se você se interessa pelo assunto, leia também esse artigo Futurista Inspira ou Motiva? 

Baseado no texto The Importance of Speakers at your Conference

How A Keynote Speaker Can (And Can’t) Transform Your Event por Micah Solomon, keynote speaker, autor de bestseller e especialista em atendimento ao consumidor.

Dr Nick Morgan, teórico da comunicação.

Katrina Smith, presidente da Keynote Speakers, Inc.


Comentários


  1. Se você se interessa pelo assunto, leia também esse artigo sobre Palestras Inspiradoras, a diferença entre inspirar ou motivar: http://www.beiacarvalho.com.br/2017/01/25/futurista-inspira-ou-motiva-beia-carvalho/

    2 de junho de 2018, 17:29
    By: beia


Comentar:

Você pode usar tags e atributos HTML